Central de Regulação da Grande Florianópolis registra cerca de 400 casos no Carnaval

Deste domingo (23) até a manhã de quarta-feira (26), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Santa Catarina registrou aproximadamente 375 casos considerados códigos vermelhos e amarelos, com risco de morte, somente na Grande Florianópolis. Dentre os atendimentos, os mais mencionados são acidente, dor no peito, convulsão, desmaio, quedas de locais altos e apoio/transporte em situações de risco. Somente na quarta-feira pela manhã, 26 de fevereiro, a Central da Grande Florianópolis apontou 79 atendimentos que necessitavam do envios de nossas unidades. O dia com mais ocorrências foi na segunda-feira, que passou de 100.

 

O Enfermeiro Marcos Fonseca, que coordena as Unidades de Suporte Básico de São José, esteve numa das ocorrências de segunda. Nela, um homem de 60 anos teve sua Parada Cardiorrespiratória revertida pelos nossos profissionais, no bairro Jardim Zanellato, por volta de 2h30min. O paciente foi encaminhado ao Instituto de Cardiologia de Santa Catarina. Nesta quarta-feira,igualmente, a Enfermeira Mariana Mello relembrou uma transferência para o Hospital Florianópolis, da qual participou. "Foi um caso da madrugada da terça de carnaval. Ele precisava realizar uma tomografia. O homem era morador de rua, ele estava confuso, sonolento, além de apresentar hematomas e sangramento pelo ouvido", revelou.

Os números de outras regiões estarão no relatório estatístico das ocorrências de fevereiro.

 

Informações adicionais para a imprensa:
Andrey Lehnemann
Assessoria de Imprensa
SAMU de Santa Catarina
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 99628-1141
Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Imprimir