Regulação

 

 

A REGULAÇÃO MÉDICA DAS URGÊNCIAS
 
Na Central de Regulação Médica de Urgência, um médico, auxiliado por um ou vários técnicos, recebe as ligações de pedidos de urgência, tria e classifica em função da urgência do caso.

As respostas podem ser dadas de diversas maneiras e são adaptadas a cada necessidade:
 
Orientação por telefone: Quando pode ser resolvido por telefone, tanto por uma orientação de encaminhamento, como outros auxílios médicos;

Ativação de unidades móveis: De acordo com o tipo de atendimento, traumático ou clínico, e a gravidade estimada do caso, podem ser acionadas as unidades de suporte básico ou unidades de suporte avançadas.
 
Após o acionamento das unidades pela regulação médica de urgências do SAMU, independente da decisão tomada, a central de regulação médica de urgência acompanhará o atendimento até seu término, apoiando as equipes quando necessário e preparando a recepção hospitalar adequada ao atendimento da urgência.

O SAMU NO ESTADO DE SC

 

Screenshot 1

 

 

SANTA CATARINA

 

 

 

Atualmente, há no Estado de SC, oito macrorregiões que coordenam os serviços do SAMU nas Centrais Regionais de Regulação de Urgência:

• SAMU Extremo Oeste – Chapecó;
• SAMU Grande Florianópolis – Florianópolis;
• SAMU Sul – Criciúma;
• SAMU Norte-Nordeste – Joinville;
• SAMU Vale do Itajaí – Blumenau;
• SAMU Foz do Itajaí – Balneário Camboriú;
• SAMU Meio-Oeste – Joaçaba;
• SAMU Planalto Serrano – Lages;